COMO PLANEJAR A VENDA DE UM NEGÓCIO PRÓPRIO

unini-negocio-propio

Considerar a venda a partir do planejamento do negócio permite tomar atitudes se a decisão final é vendê-lo ou transferi-lo. Apenas é necessário considerar alguns passos que permitam que a negociação e transferência sejam rentáveis

No âmbito dos negócios, vender uma empresa que um empreendedor implementou desde o zero não significa um desprendimento negativo, mas justamente o contrário. “Existem empresários que se dedicam a desenvolver uma ideia, implementá-la e vendê-la”, explica Enrique Quemada, conselheiro delegado da companhia ONEtoONE, empresa especializada em assessoramento para a compra e venda de empresas.

  1. Projeção do negócio

Ao planejar a criação de um negócio, o dono deveria considerar desde o início se pretenderá vendê-lo ou não. Bem como decidir em que fase o fará.

Ser uma startup terá um valor diferente de ser uma empresa consolidada que apenas gerará lucros para quem a compre.

  1. Pesquisar o mercado previamente

Pesquisar os competidores sempre é um bom passo para fazer a diferença em um negócio. Neste caso, se a decisão de vender está planejada, então é importante sondar como se encontram as outras empresas do mesmo ramo no mercado.

Desta etapa, podem surgir ideias para gerar um novo negócio ou propor mudanças ao comprador.

  1. Determinar o preço do negócio

Para pôr preço no negócio, é preciso considerar na análise e projeção a cobertura de todos os gastos que sua efetivação gerou, desde a implementação até os gastos fixos.

Também convém estar em uma boa situação econômica, ou seja, que o negócio tenha lucros, porque é muito diferente vender para sair da crise e transferi-lo, de vender para ter um lucro.

  1. Revisar e analisar as propostas

Quemada aconselha como especialista que não se venda ao primeiro interessado. É melhor ser paciente e analisar duas, três ou mais propostas e decidir com calma. Recomenda que “deve ser você quem dirige o processo, e procure aquele que pode pagar mais pela empresa”.

  1. Planejar a transferência

A venda não é o último passo, se a intenção é entrar no negócio de transferência vale a pena considerar a etapa posterior ao fechamento, trata-se da transferência de ativos e passivos do negócio. Possivelmente existirão novos proprietários que não desejem contar com uma transferência, mas é preferível conversar abertamente e armar um plano de ação em conjunto.

Os alunos do Mestrado em Direção Estratégica com especialidade em Gerência da UNINI têm uma preparação que abrange temas empresariais.

Fonte: Cómo vender tu empresa al mejor precio

Foto: Todos os direitos reservados