Correr descalço pode ser mais eficiente e vantajoso

unini-correr-descalço

Estudo indica que correr descalço faz melhorar o rendimento e evitar lesões entre corredores

Estudos vêm comprovando que aplicar a técnica de correr descalço é mais saudável. A prática, observada em corredores do Quênia pelo professor de biologia evolutiva humana na Universidade de Harvard (EUA), Daniel Lieberman, ganhou força com um estudo mais recente em que demonstra que correr com os pés descalços diminui os riscos de sofrer uma lesão.

Os tênis, por mais finas que sejam as solas, amortecem o impacto do pé e evitam com isso que o próprio corpo se adapte às mudanças sutis do chão. De acordo com um estudo realizado na Espanha e publicado no Journal of Sport and Health Science,  ao correr descalço o atleta desenvolve uma técnica mais eficiente de apoio entre o pé e o solo. A estratégia melhora o rendimento esportivo do corredor.

Com os resultados do estudo, um novo debate cresce sobre a prática e analisa as vantagens e os inconvenientes que vêm sendo objeto de estudo por pesquisadores. Em todo o mundo, corredores vêm trocando os tênis por calçados mais minimalistas, que simulam algo parecido a correr com os pés descalços. Os fabricantes também se interessam pelo tema e desenvolvem pesquisas para criar a melhor palmilha e sola.

No estudo desenvolvido por pesquisadores espanhóis, 39 participantes, corredores voluntários, usaram os calçados durante 12 semanas. Para a pesquisa, eles realizaram atividades com cargas progressivas em uma grama natural, e foram comparados os movimentos com e sem calçados.

Os resultados indicam que ao correr descalços, os participantes modificaram a maneira de pisar e provocaram uma velocidade mais acelerada. De acordo com um dos pesquisadores, Victor Manuel Soto Hermoso, “o treino baseado na corrida descalça, aplicado de maneira correta, produz mudanças significativas no tipo de apoio, independentemente da velocidade do atleta”, explicou.

No Mestrado em Atividade Física: Treinamento e Gestão Esportiva, da UNINI, se estudam também as pesquisas atualizadas sobre o corpo, o rendimento e as técnicas de treinamento.

Fontes: http://unini.be/19  , http://unini.be/1a