Tendências de negócio em tecnologia e esporte

Tendências de negócio em tecnologia e esporte

Rendimento esportivo, atenção no atleta e experiência do torcedor são alguns dos principais objetivos dos investimentos em negócios que unem tecnologia e esporte

Está clara a tendência de crescimento de negócios que unem tecnologia e esporte. Mas para garantir o desenvolvimento deste setor, é importante que clubes e associações consigam se associar para o desenvolvimento de inovações que deem resultados positivos.

O ex-diretor de inovação e tecnologia do Comitê Olímpico dos Estados Unidos, Mounir Zok, defende que agora a tendência é investir nas aceleradoras setoriais capazes de desenvolver soluções atrativas no esporte.

Estas aceleradores, quase sempre empresas de formato startup, conseguem desenvolver modelos com mais inovação e criatividade.

Segundo a diretora do Global Sports Innovation Center, Íris Córdoba, “a possibilidade de criar projetos piloto com as melhores instituições esportivas é algo que os empreendedores valorizam muito”. O centro é especialista em associar pequenas empresas com o esporte de elite, e desenvolver possibilidades de investimento.

Córdoba lembra que a dez anos atrás, “os principais investimentos chegavam muito através do patrocínio”. Agora, o foco maior está num novo tipo de fã que segue o time através de diferentes plataformas multimídias, que acompanha as notícias do clube e dos esportistas.

A experiência dos que assistem aos eventos, com uma melhora do rendimento esportivo e o cuidado centrado na saúde e imagem do esportista são algumas das áreas com mais soluções inovadoras envolvendo a tecnologia e o esporte. É importante lembrar que estes resultados podem gerar mais arrecadação como negócio, e possivelmente melhoras de rendimento esportivo.

Se pode ver como exemplo a experiência do catalão Futebol Clube Barcelona, que desenvolveu o Barça Innovation Hub, um laboratório específico para pesquisas e de inovação. A proposta é melhorar a experiência dos fãs e visitantes.

A UNINI oferece o Mestrado em Atividade Física: Treinamento e Gestão Esportiva para profissionais interessados numa formação de qualidade em atividade física, criação e planejamento esportivo, e gestão de centros esportivos.

Fonte.

Las ‘start up’ que pulverizan los récords del deporte

Foto: Todos os direitos reservados