Filhos herdam os benefícios da atividade física dos pais

unini-atividade-filhos

Estudo com ratos sugere que atividade física dos pais produz benefícios para os filhos, a partir de transmissão hereditária

Muitos estudos vêm demonstrando os benefícios da atividade física para a saúde de quem os pratica. Agora, um novo estudo experimental sugere que este ganho também é transmitido aos filhos.

Na pesquisa, liderada por por pesquisadores do Conselho Superior de Pesquisas Científicas (CSIC) na Espanha, os filhotes de ratos mais ativos demonstraram melhores desempenhos de memorização, quando comparados com filhotes de ratos sedentários.

Além da comparação, os pesquisadores conseguiram conhecer quais são os mecanismos envolvidos nessa transmissão hereditária. “Descrevemos todos os genes cuja expressão muda no cérebro como consequência do exercício físico, tanto entre os pais que exercitam, como nos filhotes sedentários”, comentou um dos autores do estudo, o biólogo José Luis Trejo.

“Os resultados têm um impacto enorme na neurobiologia, já que revelam que características adquiridas durante a vida dos pais, em função dos distintos níveis de atividade física, são transmissíveis para os filhotes mesmo quando estes não façam exercício”, explica Trejo.

As mitocôndrias do hipocampo, parte cerebral importante para os processos cognitivos, ficam mais ativas e provocam melhoras para a saúde cerebral com a prática regular de atividade física. Esta produção de novos neurônios é herdada pelos filhotes.

O estudo foi publicado na revista PNAS.

A UNINI patrocina o programa Mestrado em Atividade Física: Treinamento e Gestão Esportiva  para os interessados em ampliar os conhecimentos sobre os benefícios da prática esportiva para a saúde.

Fonte: Los hijos heredan los beneficios en el aprendizaje de la práctica deportiva

Estudo: Intergenerational transmission of the positive effects of physical exercise on brain and cognition

Foto: Todos os direitos reservados