Desenvolvem tecnologia capaz de avaliar e treinar rendimento cognitivo

unini-rendimento-cognitivo

Pesquisadores desenvolvem sistema capaz de avaliar rendimento cognitivo de esportistas e indicar possibilidades de melhora

Se pudéssemos melhorar o processo de tomada de decisões, seríamos mais vitoriosos? No campo esportivo, aparentemente, sim. Segundo um estudo realizado com jogadores de futebol sub-17 no Brasil, trabalhar o rendimento cognitivo mostrou uma melhora no nível de atenção e na quantidade de ações ofensivas.

O trabalho foi feito a partir de um sistema computacional, criado por pesquisadores de diferentes áreas. O sistema é capaz de avaliar e treinar o rendimento cognitivo do atleta, e ajudar à capacidade de concentração.

Como se sabe, a atenção concentrada está associada à toma de decisões mais adequadas em situações de tempo curto. Segundo um dos pesquisadores do projeto,  Caio Margarido Moreira, doutor em comportamento e cognição da Universidade de Gotinga  (Alemanha), durante um jogo de futebol, por exemplo, um jogador deve tomar em média 6 mil decisões.

Margarido Moreira defende que a capacidade de tomar decisões acertadas no campo esportivo definem os ganhadores das competições.

No sistema desenvolvido, os pesquisadores conseguiram avaliar o tempo de reação, o nível de atenção, o controle de impulsividade, o uso de visão periférica, entre outros, a partir de análises das respostas de cada um a diferentes estímulos visuais colocados durante o teste.

Ao coletar esta informação, o sistema, que tem guardado um grande volume de dados sobre rendimento esportivo profissional, consegue analisar as diferentes fases de desenvolvimento e traçar um perfil cognitivo de cada jogador, além de determinar quais aspectos são possíveis melhorar.

A UNINI oferece o Mestrado em Atividade Física: Treinamento e Gestão Esportiva para formar profissionais com conhecimentos e recursos suficientes no campo esportivo.

Fontes:

Un método de entrenamiento cognitivo puede mejorar el rendimiento de los atletas

Método de treinamento cognitivo pode melhorar a performance de atletas

Foto: Todos os direitos reservados