Teste de esforço poderia ajudar a evitar morte súbita durante atividade física

unini-teste-esforco

Estima-se que anualmente 127 pessoas morrem de maneira súbita durante a prática esportiva ou até uma hora após o exercício.

Apesar de ser recomendável praticar regularmente exercícios físicos, é importante ter atenção a alguns aspectos que podem ser um risco à saúde.  Um exemplo está associado à morte subida, que acontece em pessoas durante a prática de algum esporte e provoca comoção tanto social como entre a área médica.

Isso porque muitas vezes, a causa desta morte está associada a uma doença cardíaca não diagnosticada.

Cada vez mais, recomendam mais exames previamente à prática de atividade física, para conhecer melhor o condicionamento físico da pessoa e as necessidades de adaptação e intensidade durante a prática.

O teste de esforço, também chamado de ergometria, está formado por alguns exames que permitem conhecer o nível físico da pessoa, e encontrar possíveis variações cardiovasculares.

Neste exame são feitos testes como o eletrocardiograma, a medição da pressão arterial e o teste cardiopulmonar.

Dependendo do estudo destes exames, pode-se indicar algumas práticas que se adaptem às necessidades de cada pessoa de modo que proteja a saúde.

Quando ocorre uma morte subida, é importante entender que o exercício não foi o responsável, senão que potencializou uma doença silenciosa.

UNINI oferece estudos na área de Atividade Fïsica como é o Mestrado em Atividade Física: Treinamento e Gestão Esportiva.

Fonte: Deporte y salud: qué es una prueba de esfuerzo y por qué deberías realizarla

Morte súbita relacionada ao exercício

Foto: Todos os direitos reservados