Escolas devem construir pontes para a diversidade

Escolas devem construir pontes para a diversidade

A conferência TEDx Talks de Manuel Hernandez Carmona, professor de inglês como segunda língua, é um relato sobre a questão da diversidade de alunos nas escolas

O educador e autor Manuel Hernandez Carmona conta a sua experiência ensinando inglês como segunda língua em Nova York, com aulas formadas por maioria de alunos imigrantes.

Ele questiona como é possível ensinar a estudantes que ainda desconhecem o idioma, obras literárias de escritores como Hemingway, Allan Poe e Shakespeare. Para ele, esta é uma pressão que não facilita o aprendizado e dificulta o desenvolvimento do aluno em outros âmbitos.

Manuel Hernandez Carmona está convencido que é necessário construir pontes que unam o conteúdo de aula às necessidades do aluno. Para isso, é necessário conhecer bem o contexto cultural e familiar que vivem para poder planejar e preparar as aulas. Além disso, o professor deve construir pontes que conectem as culturas entre a diversidade cultural do aluno, para também estimular a aprender na diferença.

Uma das principais necessidades de quem chega para viver num novo país é conseguir se integrar à sociedade local, adquirir informação e conhecimento que seja útil e importante para que possa participar ativamente. A escola deve ser um espaço que colabora para a inclusão, criando um modelo que permite a diversidade.

O professor recomenda alguns instrumentos que facilitariam esta inclusão, como por exemplo, os testes de conhecimento no idioma de origem, o uso de leituras suplementares que fazem a ponte entre as culturas, o uso de debates sobre temas culturais que permitam a participação de todos, e estimulem o interesse pela diversidade dos alunos.

Como afirma Hernandez Carmona, a escola deve construir um caminho que facilite a passagem do aluno, dando confiança para o aprendizado e a possibilidade de sua participação.

Fonte: Bridging the cultural gap in the classroom | Manuel Hernandez Carmona | TEDxAmoskeagMillyard

Foto: Todos os direitos reservados