Como facilitar a participação de alunos em atividades orais

Como facilitar a participação de alunos em atividades orais

Alguns alunos são desafiados por aulas de imersão no idioma. Para que esses alunos comecem a praticar sem medo de erros, algumas recomendações podem servir como incentivo

A professora de francês Susan Michalski oferece uma série de recomendações para os professores incentivarem os alunos com dificuldades para falar a língua estrangeira.

O primeiro é aprender a ouvir, sem interromper os alunos. Susan sugere que o professor continue com a conversa e repita o que o aluno disse com a palavra correta. “Um aluno inteligente que percebeu o erro inicial também notará a correção”, explica ele. Evitaria a vergonha e encorajaria o aluno a continuar falando, sem medo de ser corrigido.

Outra recomendação é o uso de cartões com perguntas escritas. Há perguntas nos cartões que podem ser trocadas pelos alunos e respondidas por outras pessoas. “Esta atividade de 2 a 3 minutos fornece rotina e movimento e garante que todos os alunos leiam, falem e ouçam na língua”, de acordo com Susan.

Além do cartão, o uso de jogos pode tornar o aprendizado mais divertido, facilitando a liberação de alunos com mais vergonha. No portal Vamos creciendo, existem alguns desses recursos para praticar a língua estrangeira na aula de uma maneira mais divertida.

Por exemplo, o Tópico pode ser usado. Com essa atividade, o professor de língua estrangeira precisará de uma lista com seis tópicos e um dado. Quando você joga os dados, dependendo do número que o aluno joga, você terá que falar sobre o assunto por 30 segundos.

Os profissionais que desejam treinar com mais estratégias de aprendizagem para se inscrever em aulas de idiomas estrangeiros podem optar pelo Master in Teaching English as a Foreign Language pela UNINI.

Fonte: Strategies for the language immersion classrom

Foto: Todos os direitos reservados