Aspectos relevantes para a melhora da pronúncia em inglês

unini-pronuncia-ingles

Para os três diferentes níveis de conhecimento do inglês como língua estrangeira, há aspectos que devem ser trabalhados para a melhora da pronúncia do idioma

Um dos principais desafios no ensino de um novo idioma é a pronunciação correta. É verdade que há uma linha cada vez mais atual que defende a diversidade cultural de cada falante. Mas numa aula de língua estrangeira, os professores devem buscar a melhora das habilidades comunicativas, e a pronúncia é, então, fundamental.

Para o ensino da pronunciação, os professores podem ter como referência a lista que foi divulgada pelo site ThoughtCo. que sugere aspectos importantes para cada nível.

No início, os alunos deveriam compreender melhor quais são os padrões mais comuns de acentuação silábica. Além disso, esforçar-se por diferenciar as consoantes surdas e sonoras.

No nível intermediário, os alunos passam a compreender diferenças mais sutis, especialmente entre as palavras com sonoridades similares. Com a comparação de palavras que soam parecidas, os estudantes serão capazes de treinar e melhorar os aspectos mais fonéticos da língua.

Já no nível avançado, o ideal é que os alunos possam refinar o conhecimento compreendendo a mudança de entonação segundo a intenção de quem fala. Além disso, aprender a diferenciar as variantes fonéticas em conversações formais e informais.

A UNINI patrocina dois programas para a formação de professores em línguas estrangeiras: o Mestrado em Formação de Professores de Inglês como Língua Estrangeira e o Mestrado em Formação de Professores de Espanhol como Língua Estrangeira

Fonte:How to Teach Pronunciation

Foto: Todos os direitos reservados