Aumentam as emissões de gás carbono

Aumentam as emissões de gás carbono

Contra o esperado pelo Acordo de Paris, no ano passado, superamos as emissões de CO2 alcançadas no ano anterior e estima-se que 2018 será ainda mais quente

De acordo com a Organização Meteorológica Mundial (OMM) no ano passado alcançamos 403,3 partes por milhão (ppm) de dióxido de carbono na atmosfera. O valor supera os níveis alcançados no ano anterior. A OMM alerta sobre os perigos que este aumento poderá causar para o aquecimento global.

A organização climática ressalta ainda que acontecimentos naturais como furacões, secas e inundações podem ocorrer como efeitos deste aumento da temperatura do planeta. Mas também eventos menos perceptíveis alteram os meios ambientais, provocando mudanças nos ecossistemas.

Desde a assinatura do Acordo de Paris, em 2015, para reduzir os efeitos dos gases de efeito estufa, ainda falta compromisso por parte dos governos com relação à redução das emissões de CO2. Diversas medidas devem ser realizadas para evitar o aquecimento global.

Estima-se que este ano, 2018, poderá ser um dos anos mais quentes desde que se começaram a registrar as temperaturas, no século XIX.

Os profissionais interessados nas problemáticas ambientais e em estratégias de prevenção e desenvolvimento sustentável, podem optar por estudar com a UNINI, o Mestrado em Gestão e Auditorias Ambientais.

Fonte: Advierten nuevo récord de concentración de CO2 en la atmósfera

Foto: Todos os direitos reservados