Los Angeles limpa 82% das ruas sujas a partir de aplicativo

Los Angeles limpa 82% das ruas sujas usando aplicativo

Uma experiência nos Estados Unidos mostra como os governos podem usar as capacidades das novas tecnologias para cidades sustentáveis e inteligentes

Em Los Angeles, nos Estados Unidos, o governo adotou uma nova forma de controlar os resíduos urbanos abandonados nas ruas, que vem mostrando ser um modelo de administração sustentável inteligente. A partir de algumas ferramentas elaboradas pelo dispositivo GeoHub, que oferece ferramentas que ajudam a mapear os endereços exatos de depósitos de lixo, cidadãos podem informar a localização onde se amontoa lixo na rua.

Com estes dados, é possível classifica-los de acordo com o tipo de resíduo, com informações detalhadas, num mapa da cidade. Os funcionários responsáveis pela limpeza, a partir dos pontos negros indicados no dispositivo, podem realizar a coleta do lixo.

A cidade, antes de usar o GeoHub, sofria com acúmulo de resíduos como restos de móveis, resíduos de construção, pneus e outros lixos em algumas áreas da cidade. Segundo o governo local, após um ano do uso da tecnologia, a cidade conseguiu diminuir em 82% as ruas sujas.

A prática colaborou para que o GeoHub também crescesse. Atualmente é usado em vários setores para administrar a cidade, oferecendo dados diversos sobre o mapa da cidade. Os cidadãos podem informar sobre temas relacionados ao transporte público, às questões de segurança e outros. Com estes dados, há mais facilidade para o desenvolvimento da cidade a partir do trabalho colaborativo entre cidadãos, organizações e pesquisadores.

Os profissionais interessados no desenvolvimento urbano sustentável podem optar por se especializar no Mestrado em Gestão e Auditorias Ambientais, da UNINI, que oferece uma formação na área ambiental para atuar em equipes multidisciplinares no campo da consultoria e no terreno da pesquisa.

Fonte: Una aplicación que detecta la basura tirada en la ciudad

Foto: Todos os direitos reservados