Instituto retira 40 toneladas de resíduos em menos de um mês

unini-plasticos-mares

Com a ajuda de satélites, navios, iates e aeronaves foram usados para localizar e retirar plásticos e outros objetos dos oceanos e mares

Uma missão de 25 dias, comandada pelo Instituto Ocean Voyage, conseguiu retirar aproximadamente 40 toneladas de resíduos dos oceanos e mares. A equipe do instituto utilizou navios e iates conectados por satélite, junto com aeronaves não tripuladas, para detectar os plásticos e outros objetos, para sua retirada.

Estas equipes conseguiram atuar em uma grande área de abrangência com a ajuda dos satélites, que ofereçam dados precisos sobre a localização dos resíduos, que foram encaminhados para a reciclagem eficiente.

A iniciativa foi considerada inovadora, e pode ser uma solução para combater a poluição de plástico nos oceanos. Estima-se que são lançados a cada ano 9 milhões de toneladas de plástico, sendo 80% provenientes da terra, e 20% de fontes marinhas (redes de pesca e outros objetos jogados por navios).

Segundo a fundadora executiva do instituto, Mary Crowley, “ações urgentes em todos os níveis é necessário: reduzir a fabricação de plásticos descartáveis, manter os restos de plástico, conscientizar os consumidores, a empresa e a indústria sobre prevenção, inovação e esforços de limpeza das águas marinhas”, afirmou.

A UNINI patrocina o Mestrado em Gestão e Auditorias Ambientais para profissionais que tenham interesse em atuar no campo da consultoria e no terreno da pesquisa ambiental, a partir das diversas esferas e áreas de aplicação abordadas neste âmbito.

Fonte: Satélites para acabar con el plástico en mares y océanos

Largest Ocean Clean Up Mission/ A Turning Point For Ocean Plastics

Foto: Todos os direitos reservados