meio-ambiente/2021/05/25/unini-mulheres-rurais-ecologica

Meio Ambiente

Mulheres rurais fortalecendo a restauração ecológica

UniniPR_MedAmbiente_MujeresRurales

Mulheres rurais fortalecendo a restauração ecológica na Ásia e no Pacífico.

A mulher rural fortalece a restauração ecológica em regiões do Pacífico e da Ásia. Isto é graças aos pacotes de recuperação pós-pandemia criados por alguns países. Estes programas incluem investimentos em sustentabilidade, já que as Nações Unidas exigiram tais iniciativas dos governos.

Estes programas, por mais bem desenvolvidos que sejam, omitem uma população-chave: a mulher rural, uma demografia vital que será esquecida e ignorada se os governos não a incluírem no plano de restauração.

Responsabilidade governamental

A fim de promover a restauração pós-pandemia que beneficia a mulher rural, é essencial criar empregos verdes que possam fomentar o empreendedorismo em setores como energia e agricultura.  Para isso, os governos devem gerar pequenas mudanças na alocação de fundos. Por exemplo, a priorização do investimento em energia renovável tem o potencial para melhorar a qualidade de vida de muitas pessoas. Em alguns países, como a Índia, a perda da subsistência urbana levou à migração interna nacional para as aldeias. Este movimento trará benefícios para uma grande parte da população.

Por outro lado, os governos também deveriam apoiar as empresas que são dirigidas por mulheres. Muitas dessas empresas foram desproporcionalmente afetadas pela crise da Covid-19, de acordo com estudos do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente. “As pequenas empresas lideradas por mulheres foram adversamente afetadas pela perda de receita, fluxos de caixa limitados e dificuldades em atrair novos investimentos.” Como estas mulheres são mais ativas economicamente de maneira informal, os governos ignoram este segmento para o financiamento da recuperação.

Treinamento tecnológico

Além disso, existem soluções mais simples para melhorar a restauração ambiental. Uma delas é promover a alfabetização digital das mulheres e suas habilidades em comunidades marginalizadas. Esta alfabetização digital significaria capacitar as mulheres a desempenhar papéis importantes nos setores de energia renovável da região. Países como Índia, Nepal e Bangladesh já utilizam plataformas digitais para conectar consumidores com fornecedores de energia.

Esses pacotes de recuperação focados nas mulheres não só beneficiarão este grupo, mas também os governos, as empresas e o meio ambiente.

Todos os profissionais que desejam ampliar sua experiência em novos modelos econômicos de cuidado ambiental podem fazê-lo com os programas universitários oferecidos pela UNINI. Um dos cursos que eles oferecem é o Mestrado em Gestão e Auditorias Ambientais.

Fonte: Las mujeres rurales pueden impulsar las recuperaciones verdes

Imagem: Todos os direitos reservados.

Copyright ©2021. Universidade Internacional Iberoamericana. Todos os direitos reservados.