unini-poliglota-aprender.
Formação de Professores

Poliglota dá dicas de como aprender um novo idioma

A poliglota Lýdia Machová explica quais são os pilares para a aprendizagem de um novo idioma

Uma pessoa poliglota é aquele que domina mais de três idiomas. Para muitos, parece uma tarefa difícil que requer anos e anos de aprendizagem. Entretanto, algumas pessoas desenvolvem uma série de metodologias e práticas que facilitam a aprender uma nova língua, e podem aprender em questões de semanas. Continue lendo

Projeto de cooperação reúne alunos, novas tecnologias e idiomas
Formação de Professores

Projeto de cooperação reúne alunos, novas tecnologias e idiomas

Um projeto desenvolvido na Europa com estudantes da secundária consegue estimular a cooperação através do uso de dispositivos eletrônicos e a criação de conteúdo em língua estrangeira

O projeto Erasmus+ Language School 2.0: How can technologies improve language learning? integrou estudantes de alguns países europeus para fomentar a cooperação no ensino secundário de quatro escolas. O objetivo do projeto é melhorar as competências em língua estrangeira dos alunos, a partir da aplicação das novas tecnologias como suporte para o aprendizado. Continue lendo

PRÁTICAS PARA o APRENDIZAGEM DE NOVO VOCABULARIO
Formação de Professores

PRÁTICAS PARA APRENDER NOVO VOCABULÁRIO

Algumas técnicas aplicadas em sala de aula podem reforçar o aprendizado de novo vocabulário, necessário para aprender e se comunicar em uma segunda língua

Professor Scott Zimmermann, um americano que ensina Inglês como segunda língua, em um artigo publicado na revista EFL, apresenta algumas técnicas que podem ser aplicadas nas aulas para o treinamento do novo vocabulário em uma segunda língua. Continue lendo

Práticas para fazer pensar num segundo idioma
Formação de Professores

Práticas para fazer pensar num segundo idioma

Conheça 5 práticas para estimular o pensamento em outro idioma nas classes de inglês como segunda língua

Os professores de inglês como língua estrangeira têm um desafio constante em sala de aula que é criar o hábito que seus estudantes pensem em outro idioma. Sabe-se que quando pensamos em outro idioma, a comunicação se torna mais fluida e facilita o uso da língua em ambientes fora da escola. Continue lendo