unini-diretrizes-atividades
Esporte

OMS atualiza diretrizes de atividade física

Para evitar a transmissão do coronavírus, estar em casa é um compromisso social. Neste contexto, a prática de atividade física segura está limitada a poucas alternativas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), no entanto, recomenda a prática regular de exercícios, que segundo estudos, vêm mostrando ser um importante aliado para evitar doenças e fortalecer o sistema imunológico. Continue lendo

unini-influencers-rotinas
Esporte

Cuidados com rotinas de exercícios físicos de influencers

Comportamento de seguir as atividades físicas de famosos e influencers em redes sociais pode resultar em lesões.

Atualmente, com as academias fechadas ou funcionando com restrições, muitos optaram por seguir as práticas esportivas seguindo sequências de exercícios de canais de redes sociais, nas próprias casas. Especialistas em treinamento esportivo e em Ciências do Esporte advertem que esta prática pode causar lesões físicas. Continue lendo

unini-biomecanica-rendimiento
Esporte

É possível evitar lesões e melhorar o rendimento esportivo com biomecânica

A biomecânica colabora para otimizar o rendimento esportivo, e é principalmente importante nos cuidados à saúde de um atleta.

A exigência por treinamento, o excesso de movimentos repetitivos ou com mudanças de rotação repentinos, entre outras exigências entre os esportistas profissionais podem causar um desgaste físico e gerar lesões que poderiam ser prevenidas com um estudo prévio do sistema musculoesquelético. Continue lendo

funiber-treinador-pessoal
Esporte

O que é necessário para ser um bom treinador pessoal

O treinador pessoal deve ser aquele que orienta à prática de atividades físicas saudáveis, que evita lesões e problemas a longo prazo.

Ao buscar um treinador físico pessoal é importante que consulte a formação do profissional. Ter estudos na área de educação física, ciências da saúde ou esportes é necessário para garantir os conhecimentos que se exigem na profissão. Continue lendo

unini-teste-esforco
Esporte

Teste de esforço poderia ajudar a evitar morte súbita durante atividade física

Estima-se que anualmente 127 pessoas morrem de maneira súbita durante a prática esportiva ou até uma hora após o exercício.

Apesar de ser recomendável praticar regularmente exercícios físicos, é importante ter atenção a alguns aspectos que podem ser um risco à saúde.  Um exemplo está associado à morte subida, que acontece em pessoas durante a prática de algum esporte e provoca comoção tanto social como entre a área médica. Continue lendo

unini-mayores-actividad
Esporte

Atividade física protege idosos hospitalizados

Estudo na Espanha mostra que a prática de 20 minutos ao dia em idosos hospitalizados poderia já reduzir em 70% o risco de perder habilidades físicas.

Como já evidenciaram diversos estudos, a prática de atividade física oferece benefícios para a saúde, protegendo contra o risco de desenvolver algumas doenças.
No caso de pacientes que se recuperam, a prática de exercícios também é recomendável, e pode variar dependendo do tratamento, do perfil do paciente, entre outros aspectos individuais que devem ser analisados pela equipe médica que acompanha o paciente. Continue lendo

unini-carrera-deportiva
Esporte

Como o COVID-19 poderá afetar a carreira esportiva de atletas

Em todo o mundo há pessoas sofrendo devido à pandemia provocada pelo COVID-19. No caso do esporte, entre esportistas profissionais, as incertezas provocadas pelo atual cenário podem causar impactos psicológicos que devem ser analisados.

A primeira incerteza se refere ao próprio rendimento esportivo e a condição física após tanto tempo de confinamento. De maneira consequente, esta dúvida poderá provocar dúvidas sobre o desempenho profissional ou a garantir do trabalho. Continue lendo

unini-eventos-deportivos
Esporte

Redefinição das novas datas para os eventos esportivos

O confinamento provocado pela pandemia COVID-19 forçou a mudança de diversos eventos esportivos. A reorganização deles tem como principal desafio definir datas que não se solapem no calendário esportivo.

Muitas dosgrandes torneios esportivos marcados para celebrar entre março e agosto foram modificadosdevido às medidas para evitar o contágio por COVID-19. As Olimpíadas, torneios internacionais, campeonatos nacionais, maratonas, entre outros, tiveram que modificar asdatas, algumas postergadas para o último trimestre do ano, especialmente no mês de outubro. Continue lendo