unini-plasticos-mares
Meio Ambiente

Instituto retira 40 toneladas de resíduos em menos de um mês

Com a ajuda de satélites, navios, iates e aeronaves foram usados para localizar e retirar plásticos e outros objetos dos oceanos e mares

Uma missão de 25 dias, comandada pelo Instituto Ocean Voyage, conseguiu retirar aproximadamente 40 toneladas de resíduos dos oceanos e mares. A equipe do instituto utilizou navios e iates conectados por satélite, junto com aeronaves não tripuladas, para detectar os plásticos e outros objetos, para sua retirada. Continue lendo

Costa Rica se compromete ainda mais com meio ambiente
Meio Ambiente

Costa Rica se compromete com meio ambiente

Governo anunciou novo plano de metas para um desenvolvimento sustentável sem queima de combustíveis fósseis, proteção das florestas e gestão de resíduos

Na Costa Rica, o governo está comprometido com a preservação ambiental. Recentemente, anunciaram uma ação ambiciosa para acabar com a queima de combustíveis fósseis no país para o ano 2050. Continue lendo

Los Angeles limpa 82% das ruas sujas usando aplicativo
Meio Ambiente

Los Angeles limpa 82% das ruas sujas a partir de aplicativo

Uma experiência nos Estados Unidos mostra como os governos podem usar as capacidades das novas tecnologias para cidades sustentáveis e inteligentes

Em Los Angeles, nos Estados Unidos, o governo adotou uma nova forma de controlar os resíduos urbanos abandonados nas ruas, que vem mostrando ser um modelo de administração sustentável inteligente. A partir de algumas ferramentas elaboradas pelo dispositivo GeoHub, que oferece ferramentas que ajudam a mapear os endereços exatos de depósitos de lixo, cidadãos podem informar a localização onde se amontoa lixo na rua. Continue lendo

CHINA PARA DE RECICLAR OS RESÍDUOS DO MUNDO
Meio Ambiente

CHINA PARA DE RECICLAR OS RESÍDUOS DO MUNDO

O governo chinês está levando com seriedade o Acordo de Paris proibindo a importação de lixo eletrônico e plástico procedentes de outros países

A cada ano é gerado no mundo mais de 40 milhões de toneladas de resíduos eletrônicos, conhecidos como “sucata eletrônica”. Quando pensamos no processo de reciclagem desses resíduos, imaginamos que as fábricas de reciclagem encontram-se próximas aos pontos de coleta. Porém, o principal centro de reciclagem de resíduos industriais encontram-se na China, bem mais distante do que imaginamos. Continue lendo