Hackers acessam assistentes de voz

Hackers acessam assistentes de voz

A empresa alemã Security Research Labs demonstrou, após uma série de investigações, a violação de segurança nos assistentes de voz do Google e da Amazon.

A segurança de nossos dados na Internet foi novamente questionada. Após as últimas notícias sobre a tendência recente dos hackers de entrar nas universidades, agora são os dispositivos de escuta, cada vez mais comuns em nossas casas, que são afetados pelos cibercriminosos, através dos quais eles usam técnicas de espionagem e phishing.

Em vários vídeos em que eles fazem gravações de voz diferentes, o Security Research Labs Labs demonstra a vulnerabilidade desses dispositivos. A alta demanda por eles levou a um aumento em suas funcionalidades, o que levou a uma recuperação nos riscos de ataques.

“O Alexa e o Google Home são dispositivos de escuta poderosos e frequentemente úteis em ambientes privados. As implicações de privacidade de um microfone conectado à Internet que ouve o que você diz são mais amplas do que se entendia anteriormente. Os usuários devem estar mais conscientes do potencial de aplicativos de voz mal-intencionados que abusam dos alto-falantes inteligentes. O uso de um novo aplicativo de voz deve ser abordado com um nível de cautela semelhante à instalação de um novo aplicativo no seu smartphone”, concluem eles da empresa.

Todos os profissionais interessados ​​em aprofundar seus conhecimentos na área de tecnologias encontrarão um grande número de programas universitários patrocinados pela UNINI, como o Mestrado em Direção Estratégica com Especialização em Tecnologias da Informação.

Fonte: Google y Amazon en el punto de mira: las vulnerabilidades de sus asistentes de voz.

Foto: Todos os direitos reservados.