Incidentes tecnológicos das empresas latino-americanas

unini-tic-seguridade

Estudo expõe as principais preocupações relacionadas à segurança cibernética das empresas latino-americanas.

A empresa especializada em segurança informática ESET elabora anualmente um relatório que sintetiza os principais incidentes de vulnerabilidade na Internet e os controles a implementar.

Em seu relatório mais recente, o ESET Security Report 2020, participaram profissionais de segurança de mais de 3.900 empresas de diferentes portes de 14 países latino-americanos. O método usado para coletar as informações foi o questionário.

O ESET destaca no relatório que em 2019 houve uma redução nos ataques massivos e uma transição para ataques dirigidos a empresas. Outro aspecto notável que chamou a atenção dos autores do estudo é que apenas 33% das empresas participantes da análise possuem plano de continuidade de negócios.

Um dos problemas que mais preocupa as empresas da região é o acesso indevido às informações, seguido de furto de dados e infecção por código malicioso. Cerca de 60% das empresas da região afirmam ter sofrido um acidente no último ano.

A pandemia de COVID-19 ofereceu uma oportunidade para os cibercriminosos lançarem ataques de phishing ou malware. A necessidade de adoção de sistemas como o teletrabalho destacou a importância de realizar processos de transformação digital.

As novas condições de trabalho expõem a necessidade de haver mecanismos de proteção (incluindo soluções de segurança e aplicação de boas práticas), em todos os pontos a partir dos quais os dados são processados, armazenados ou transmitidos”, indica o relatório.

A UNINI patrocina os mais diversos programas universitários com o objetivo de oferecer aos profissionais informações completas e atualizadas sobre a necessidade de adoção de estratégias de cibersegurança nas empresas, para se protegerem de possíveis ataques externos. Um dos cursos oferecidos é o Mestrado em Direção Estratégica com Especialidade em Tecnologias da Informação.

Fonte: Solo el 33% de las empresas de América Latina cuenta con un plan de continuidad de negocio.

Estudo: ESET. Security Report. Latinoamérica 2020.

Foto: Todos os direitos reservados.